domingo, 3 de janeiro de 2016

Seja forte




As grandes tormentas parecem ter alguma coisa de especial. São como pontos definitivos no tempo, marcos. Nada mais pode ser igual depois de uma tempestade avassaladora, ela força a mudança mesmo onde se achava que ela jamais chegaria. 

E é estranho o mal estar que ela provoca por um tempo, por aquele tempo indigesto em que o ar está impregnado de caos. Parece que os minutos tem o peso de chumbo e se arrastam dobrando o tempo. E é estranho porque ele precisa existir, para que, no momento que a poeira baixar definitivamente e do céu as réstias de sol voltarem a surgir, o que você vê no horizonte não é mais a mesma paisagem, mesmo que continue fisicamente a mesma, em seu interior  tudo mudou. É como pisar por lugares conhecidos por uma perspectiva nova. É uma sensação quase boa.

Fôlego...voltando a ter fôlego. Vê o horizonte e corre pela relva orvalhada, aspirando o ar saudável que a dias não sente. E o vento chia pelo buraco em seu coração, ainda em processo de cicatrização. Dói, mas agora a dor é suportável e quase necessária. Ela precisa dessa dor para se lembrar do que é preciso para ser forte. Ser mais forte. Mais. Mais...

Ela só precisa continuar a correr, sentir as batidas do seu coração ferido e dolorido. É como sabe que está viva, e é o que precisa para continuar forte.

***
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...